A pintura decorativa convida a um mundo mágico e colorido que desperta inúmeras experiências visuais (criatividade e raciocínio).

Ala pediátrica do CHSF


Pintámos a nova ala pediátrica
do Centro Hospitalar de são Francisco em Leiria.





À entrada o Dr. Toupeira convida os meninos e meninas a entrar.






Pelo caminho encontram companheiros de brincadeira!




A pintura decorativa de paredes tem muitas e diferentes funções.

Nos espaços públicos de saúde procuramos desdramatizar situações

que são de stress para pais e filhos.












Enquanto esperam,

os meninos e meninas vão poder distrair-se

e brincar muito com os nossos desenhos e pinturas.




Esta possibilidade de evasão e distracção
acaba por favorecer os profissionais de saúde que trabalham nestes espaços,
uma vez que as crianças ficam mais receptivas e menos ansiosas.





Esta árvore tem muitos amiguinhos escondidos, prontinhos a ser descobertos ;-)

Será que os meninos descansam como o gato, espreitam como o rato, cantam como o pássaro rockeiro ou preferem brincar como o esquilo?!


6 comentários:

Elsa Segorbe disse...

Parabéns pelo vosso trabalho!
A magia está mesmo nas vossas mãos e no vosso coração!
Parabéns!
Vão trazer também muitos sorrisos à Pediatria... :)
Felicidades.

amiudadesapatilhas disse...

belíssimo!! Parabéns!! e espalhem estes sorrisos por mais serviços de Pediatria do país, que bem precisam! trabalhei em pediatria cirúrgica e éramos nós, enfermeiros, que decorávamos o espaço para torná-lo mais quente, leve e ternurento. espalhem cores!!!
Parabéns!

LastChild disse...

Belísimo traballo!!
Saúdos dende Galicia.

Bailarina disse...

feliz por saber que o meu filho pode estar num hospital tãi lindo!! obrigada

Anónimo disse...

eu já tive o prazer de ver este trabalho ao vivo e a cores...só o da entrada...eheheh...

está lindooooo!!Parabéns!!

susana f.

Gotinha disse...

Parabéns pela leveza e candura do vosso trabalho. Sou de Leiria e é um orgulho saber que o nosso Hospital está pronto a receber crianças e pais em alturas menos positivas.